Pular para o conteúdo principal

Minha primeira CCXP





Pessoal, após um final de semana épico, preciso vir e compartilhar minha experiência na primeira Comic Con Experience.

Embora pudesse comprar ingressos para os 4 dias de evento (1 a 4 de dezembro), decidi comprar apenas dois dias, sexta e sábado, já digo logo que me arrependi amargamente de não ter ido todos os dias, mas enfim. 

Na sexta-feira o evento começou às 10h, porém cheguei na São Paulo Expo às 07h. Portando minha credencial, os organizadores me perguntaram qual fila eu gostaria, feira ou auditório, fiz um uni duni tê e e fui para a fila do auditório Cinemark para painéis. Aguardei na fila até as 9h, quando abriram e nos deixaram entrar. Consegui escolher uma cadeira e aproveitei para tirar um cochilo até as 10h já acomodada no auditório.

A sexta-feira começou com um documentário de Adam Nimoy, For the Love of Spock, sobre a vida de seu pai, Leonard Nimoy, o eterno Spock. Quando a atração foi anunciada pelo Érico Borgo, do Omelete, e o Adam entrou, a energia contaminou o local de uma forma que me apaixonei instantaneamente pelos painéis, até o cumprimento Vulcano teve.

Já sabendo da dificuldade em conseguir vaga para sentar nos painéis, decidi permanecer no auditório até as 13h30, quando começaria o painel da Sony, com a presença da maravilhosa Milla Jovovich e Paul W. S. Anderson para apresentar o novo filme de Resident Evil, e mais algumas novas atrações para 2017. A energia, gritaria e animação da platéia quando a Milla entrou, quando assistimos ao trecho exclusivo do filme etc foi sensacional. De longe, para mim, os painéis são uma das melhores coisas da Comic Con, decidi ser a garota painel nos próximos. Inclusive tivemos cenas do trailer do Homem Aranha De Volta ao Lar e em primeira mão, o novo uniforme do herói.

Fazendo uma pausa para almoço durante o painel da Globo, apresentado pelo Marcelo Adnet, aproveitei para correr e ver a exposição das armaduras de ouro dos Cavaleiros do Zodíaco e dar uma sapecada na feira. Vi alguns cosplays e encontrei uma praça de alimentação só de foodtruck. Um garçom me alocou e pegou meu pedido (saiu um pouco salgado, na próxima levo lanche), depois levou a máquina para eu pagar e pronto, foi super tranquilo. 






Vi cosplay de Mestre dos Magos, Dr. Estranho, Arlequina então nem se fala. Vi Mario e Luigi, Coringa etc. 

Dei mais uma volta na feira e decidi voltar para os painéis antes que enchesse muito. Cheguei ainda no painel da Globo e devo dizer que, embora não costume assistir a programação deste canal, até fiquei com vontade de ver alguma coisa.

Por fim fiquei nos painéis a sexta-feira toda. Vi trecho de Logan, Assassin's Creed, features de Planeta dos Macacos e alguns trailers. 

Para sair do evento, peguei o ônibus que a CCXP disponibilizava para o metrô Jabaquara. Não tive problemas e fui sentada.

No sábado tive a companhia de meu boy e decidimos focar na feira. Pegamos uma fila imensa para entrar e demos de cara com o estande da HBO quase vazio com uma fila de 10 pessoas (no restante do dia acredito que chegaram mais umas 80, sério). Conseguimos assistir a abertura da série em uma maquete, bem como sentamos no trono de ferro (com foto tirada pelos expositores e enviada por e-mail), vimos o figurino e alguns objetos usados. Saímos e fomos correndo para ver as armaduras dos Cavaleiros, já que o boy ainda não tinha visto.






Nos estandes pudemos ver o uniforme da Mulher Maravilha, Supergirl, Arqueiro Verde, Flash, da galera do Rogue One e muitas réplicas de heróis.

De longe o sábado é o dia mais insano e cheio. Filas quilométricas  para tudo. O estande da Fox tinha uma aglomeração gigantesca pois as pessoas podiam dar o Salto de Fé do Assassin's Creed. A quantidade de Cosplay é muito maior no sábado, portanto, melhor dia para procurar uma foto com aquele personagem que você curte.

A Artist's Alley era enorme, compramos várias artes por um preço muito justo.

Fomos ao auditório Ultra para descansar na verdade rsrsr, acabamos vendo a passagem do Mark Pellegrino, e assistindo painéis com filmes da O2, com um cara do Cavaleiros do Zodíaco, que soltou a novidade de que teremos novas séries da saga, e por fim, um painel com Frank Miller, o mestre das HQs.

Em razão do painel do Frank Miller ter trocado de horário (e não ter mudado na programação), não consegui entrar na fila para ver o painel épico da Marvel e com James Gunn, só consegui ouvir o barulho da galera lá dentro e a única comparação possível é final de Copa do Mundo, Maracanã, Brasil x Argentina, só pode. Fiquei bem tristinha, mas faz parte, ano que vem, no sábado, acampo no auditório, levo lanche, cobertor etc.

Para ir embora no sábado foi mais complicado, como choveu, o local dos ônibus para o Jabaquara foi para perto do estacionamento coberto e a fila era enorme.

No geral, o evento tem suas falhas, muitas filas, falha na verificação de credencial etc, porém, o saldo é muito positivo. Os banheiros que usei eram limpos, não tive problemas para sentar na hora de comer, mesmo no sábado, e as atrações são incríveis. Ano que vem partiu os 4 dias!!!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Recebendo com charme (Queijo Camembert)

Às vezes nós queremos receber visitas em casa e queremos parecer um pouco mais...como dizer...refinados.
É claro que nem sempre temos tempo de planejar e comprar um banquete para receber aquela visita com charme. É por isso que pensando nisso decidi compartilhar uma de minhas dicas infalíveis, o queijo Camembert. Este "queijo branco mole", cujas características principais são a casca branca aveludada, o interior cremoso e aromas e sabores que lembra cogumelos é uma maravilha.
Com uma textura cremosa e sabor suave, o Camembert, além de delicioso, é super prático e fácil de preparar, levando apenas 10 minutos para ficar no ponto macio quase derretido.
Podemos servi-lo com mel ao final de uma refeição, como petisco com torradas etc.  
Essa maravilha ainda harmoniza com cervejas no estilo Lagers e Pale Ales, além de harmonizar bem com vinhos brancos e espumantes ou vinhos tintos mais leves.





Charlotte Royale - LOW CARB

Assisto Bake Off Brasil religiosamente. Todo sábado (e terça-feira no H&H) estou a frente da TV para ver as delícias (que não posso comer porque estou de dieta). Por isso quando tenho a oportunidade, tento adaptar a receita para que eu possa comer sem muita culpa (e com moderação). Dessa vez fui agraciada com a receita da Carol de Charlotte Royale e decidi fazer um experimento que deu muito certo!
É claro que não fica 100% igual, até porque é a primeira vez que faço uma Charlotte, mas fiquei feliz com o resultado. Basicamente o que eu fiz foi substituir alguns ingredientes da receita da Carol Fiorentino.

Detalhe: fiz meia receita (não queria desperdício caso não desse certo)





Para o pão de ló de chocolate, você vai precisar de:
- 3 ovos - 95 g de farinha de Coco* (A principal característica desse alimento é que ele mistura fibras com gorduras.) ou Oleaginosa. - 35 g de Cacau em pó - 75 g de Adoçante culinário - 75 ml de água - 1 colher de chá de fermento em pó
Como preparar:
Bata …

13 Reasons Why (Os Treze Porquês)

Aviso: Não é uma série indicada para todos. Devo aconselhar que pessoas com depressão e passando por problemas mentais não assistam em vista do momento delicado em que se encontram e em razão do tópico delicado que é o suicídio.

13 Reasons Why é uma série produzida por Selena Gomez, escrita pelo vencedor de um prêmio Pulitzer, Brian Yorkey e baseada no romance best seller de Jay Asher e tem como protagonistas Dylan Minnette e Katherine Langford.
Sinopse Após o suicídio de uma colega da escola, Hannah Baker, Clay encontra na porta de sua casa um misterioso pacote. Ao abri-lo, encontra várias fitas cassete e aos ouvir das gravações, se da conta de que estas estão sendo narradas por Hannah. Nas fitas, a garota descreve as 13 razões que a levaram ao suicídio e ainda menciona que Clay está em uma delas.
A série foi disponibilizada na íntegra pela Netflix no dia 31 de março de 2017.
Maratonei a série e me arrependi. Não porque não é boa, a verdade é que ela é excelente no que propõe, e aí e…